Seguidores

domingo, 25 de janeiro de 2009

Exposições interessantes na Cidade!


Minha preferida:
1. Abraços na Arte Brasil/Japão é tema de mostra em Salvador
Publicado as 18:14 em 14/01/2009 Jornal Nippak
O Palacete das Artes Rodin Bahia localizado em Salvador, na Bahia, será palco até o dia 1º de março de 2009, da realização da mostra de arte nipo-brasileira Abraços na Arte: Brasil/ Japão. A exposição que faz parte das comemorações do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil acontece um século depois do navio Kasato Maru aportar em Santos (SP), com os primeiros imigrantes japoneses. A cerimônia de abertura contou com a presença do governador Jaques Wagner (PT). A exposição reúne 70 obras de artistas plásticos fundamentais dos dois países, que traçam a história e a trajetória da arte nipo-brasileira e a sua influência no Brasil com o que foi trazido do Japão. A curadoria do evento é de Yugo Mabe, diretor do Instituto Manabu Mabe, em parceria com Roberto Okinaka, cenógrafo do Museu Afro Brasil. O fato de a dupla ser artista e filhos de artistas (Yugo do ícone Manabu Mabe, e Roberto dos pioneiros Massao e Alina Okinaka), facilitou os convites aos colegas e o empréstimo de obras importantes.A mostra conta com trabalhos de grandes artistas como Ayao Okamoto, Futoshi Yoshizawa, James Kudo, Kazuo Wakabayashi, Kimi Nii, Nobuo Mitsunashi, Tadashi Fukushima, Yutaka Toyota, e outros. O resultado é uma mostra com trabalhos inéditos, alguns concebidos especialmente para ela. A exposição está completa e enxuta porque os organizadores optaram pelos artistas mais expressivos em cada geração segundo Yugo Mabe. Pioneiros – Abraços na Arte é dividida em três etapas: Os Pioneiros, Desbravadores do Abstracionismo e Geração Livre: Os Descendentes. Na primeira parte, figurativa, com os trabalhos de representantes do Grupo Seibi, o visitante pode perceber o encantamento dos artistas japoneses com a exuberância da natureza brasileira e de seus costumes. Aqui os visitantes reconhecem paisagens baianas como a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos e a Cidade Baixa, em vários quadros de Massao Okinaka. Segundo movimento – A segunda parte da mostra: Desbravadores do Abstracionismo traz trabalhos de artistas como Manabu Mabe, Tomie Ohtake e Flávio Shiró, que marcam a passagem da figura à forma pura.Imensos quadros, como Desejo, de Manabu Mabe (que há dez anos não era exibido), ou Folhas de Uva, de Kazuo Wakabayashi, pintado especialmente para a mostra, dividem espaço com a geométrica escultura de Yutaka Toyota ou o erotismo da obra,de Tomie Ohtake.Os visitantes poderão ver os trabalhos da Geração Livre: Os Descendentes. Para fechar o círculo de influências, artistas japoneses contemporâneos que também se inspiram no Brasil, foram convidados pelos curadores para partilhar o espaço. A iniciativa da exposição é da Niplan Engenharia, em conjunto com o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia e da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, além de vários patrocinadores.
ABRAÇOS NA ARTE: BRASIL – JAPÃO
QUANDO: ATÉ 1º DE MARÇO DE 2009
HORÁRIO: TERÇA-FEIRA À DOMINGO DAS 10H ÀS 18H
ONDE: PALACETE DAS ARTES RODIN BAHIA - RUA DA GRAÇA, 284, GRAÇA – SALVADOR/BA.
EXPOSIÇÃO GRATUITA.INFORMAÇÕES: (71) 3117-6910.

Outras exposições:

2. 15º Salão da Bahia - Apresenta o trabalho de 40 artistas selecionados para participar do evento. Museu de Arte Moderna (MAM) – Av. Contorno, s/n, Solar do Unhão (3117-6130/ 3117-6135). Ter a dom, das 13h às 19h e sáb, das 13h às 21h. Até o dia 1º de março.

3.Mwangole – Gente de Angola - A mostra do fotógrafo e publicitário Sérgio Guerra conta com 23 fotos cuja temática são os grupos étnicos de Angola. Galeria do Olhar – Pç. dos Tupinambás, 2, Trapiche Adelaide (3264- 1481). Seg a sex, das 14h às 20h, e sáb, das 18h às 22h. Até 7 de fevereiro.
4.Sete Áfricas - A mostra conta com 90 peças, entre máscaras e esculturas, que foram selecionadas pelo italiano Claudio Masella ao longo de 35 anos e doadas ao Governo da Bahia em 2004. As peças representam a grande diversidade de materiais, técnicas e estilos identificados na produção artística do continente africano. Solar Ferrão – R. Gregório de Mattos, 45, Pelourinho (3117-6380). Terça a sexta, das 10h às 18h, e sábado, domingo e feriados, das 13h às 17h. Até o final de abril.
5.Água Grande - O artista plástico Bel Borba reúne 23 esculturas de grande porte, nas quais foram utilizadas 100 toneladas de aço carbono. A mostra integra a 2ª Semana do Saveiro. Galpão 1 da Codeba – Av. da França, Armazém 1, comércio (9988- 4269). Abertura: amanhã, 19h. Seg a sex, das 14h às 22h, e sáb, das 9h às 22h. Até 25 de janeiro.

Um comentário:

Soane disse...

Ta tudo lindo mana bjs