Seguidores

sábado, 6 de setembro de 2008

A história do origami




Origami é um passatempo japonês tradicional no qual um único quadrado de papel é dobrado de modos diferentes para criar formas como animais atraentes e plantas bonitas. Considerando que só se utiliza uma folha de papel, o passatempo pode ser facilmente desfrutado em qualquer lugar e muitas pessoas no Japão o praticam em casa e na escola. Algumas formas lembram flores, borboletas, caranguejos, e até mesmo criações difíceis como árvores de Natal. Origami é especialmente popular entre meninas. A prática de Origami começou no início dos anos 700, quando o primeiro papel foi apresentado no Japão. A princípio o papel foi dobrado para fazer decorações e usado em santuários de cerimônias religiosas, mas gradualmente as pessoas começaram a usá-lo dentro das suas vidas regulares. Durante o período de Heian (794-1185), era popular dobrar um valioso papel e manuseá-lo para embrulhar formosamente cartas e presentes. Depois, o Origami continuou sendo utilizado em cerimônias tradicionais, mas as mulheres começaram a dobrar bonecas e outras formas para a sua diversão. No período de Edo (1603-1868), as pessoas inventaram tipos diferentes de Origami envolvendo corte e camadas de papel, e a atividade popular se desenvolveu entre as pessoas comuns do Japão. Depois, pela era de Meiji (1868-1912), a técnica do Origami chegou a ser ensinada nas escolas primárias. Estudantes ainda continuam aprendendo Origami nas escolas. Nos tempos atuais, é usado para ensinar conceitos dentro da Geometria, como a relação entre um avião e uma forma sólida. Esta prática está ficando rapidamente mais popular nos demais países do mundo. Algumas associações de amantes de Origami são o Origami E.U.A. e a Britânica Sociedade de Origami.


Fonte: Associação Japonesa de Origami

Nenhum comentário: