Seguidores

domingo, 29 de novembro de 2009

Produção para o Karatê-dô

Esse ai é Gichin Funakoshi o pai do Karatê-dô Tradicional. Paricipamos do Torneio de Karatê do Colégio Vitória Régia, que aconteceu no dia 21/11/09, realizado pela Naika, Senseis responsáveis Marcio e Sergio. Onde montamos nosso stande, e fizemos algumas coisas voltadas para eles, como telas com a imagem de Sensei Gichin e kimonos de origami com imã, para painéis de metal.Foi uma maravilha! oss!

Chaveiros em alumínio com iniciais dos nomes

Esses chaveiros foram encomendados pelo Fã Club Cadê Você do Sorriso Maroto, em especial pela minha xará Daiane.rsrsr
O show aconteceu dia 22/11/2009, no Went Wild aqui em Salvador,até brinco personalizado foi feito. Todos adoraram!!! que bom heim!
Foram feitos em fio de alumínio tamanho 05.
Para quem quiser fazemos sob encomenda qualquer nome ou iniciais!!!

*O modelo

*Sorriso Maroto


*vários chaveiros

*Embalados

*Os brincos

* Foram feitos 03 modelos

Obrigada!!!
Aguardem mais fotos!

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Gueixas!!!

Essas são nossa gueixinhas feitas em origami !!!
Foram feitas várias composições em telinhas 9 x 12, pintadas com tinta acrílica e ainda vem no cavalete, se quiser também pode encomendar apenas as telinhas. Espero que gostem!




domingo, 15 de novembro de 2009

Karatê-dô Tradicional ** 15º Pan-Americano**

Desejo boa sorte aos colegas Baianos que irão participar!! oss
O Karatê-Dô Tradicional, segundo o Mestre Hidetaka Nishiyama, é uma Arte de defesa pessoal desenvolvida no Japão que tem por base a filosofia do BUDÔ (Bu = Controle de violência, disciplina de vida, estabelecimento de normas e leis de conduta, conquista da segurança, contribuição pessoal para a pacificação e enriquecimento da sociedade e Dô = caminho, método, doutrina ou atalho). Ela é baseada na arte de luta sem armas que vêm sendo desenvolvida por milhares de anos.(http://www.karatebrasil.com.br)

domingo, 1 de novembro de 2009

*Rodin em Salvador*


Evento: Auguste Rodin, homem e gênio

Data: 3/11/2009 a 8/11/2009

Local: Palacete das Artes - Museu Rodin Bahia

Endereço: Rua da Graça, 292 - GraçaHorário: 10h às 18h

Valor: Entrada gratuita


Release
No Ano da França no Brasil, será inaugurada no Palacete das Artes, em Salvador, a exposição inédita “Auguste Rodin, homem e gênio”, que ficará em cartaz durante três anos. As 62 obras originais do grande escultor francês, considerado o pai da escultura moderna, foram cedidas pelo Museu Rodin Paris, o primeiro ato do gênero da instituição francesa. O Projeto Rodin na Bahia será aberto no dia 26 de outubro em um evento para convidados. As obras foram cedidas em comodato de três anos pelo governo francês para a realização da exposição e devem voltar a Paris, podendo ser feito um novo contrato com outras coleções do autor. O conjunto de obras é composto por originais que são registrados no inventário das coleções públicas francesas, sendo consideradas propriedade inalienável do Estado Francês. “Rodin é um ícone francês e celebra-lo com uma exposição de três anos é algo único. É a prova de como o trabalho conjunto entre a França e o Brasil pode gerar ganhos incalculáveis para os dois países”, celebrou o diretor de Relações Internacionais do Ministério da Cultura, Marcelo Dantas. “Este é um projeto ambicioso que vai além do Ano da França no Brasil”, afirmou a adida cultural do consulado Francês na Bahia, Irène Kirsch. “A permanência do acervo no Brasil potencializa uma série de atividades, desde o diálogo de Rodin com artistas contemporâneos, até o fomento para novos artistas”, emendou. As 62 peças foram esculpidas em gesso, em uma tradução da técnica de Rodin, que costumava trabalhar com este material, deixando que seus assistentes fundissem o metal para finalização e reprodução de suas obras. Para Rodin, somente o gesso era capaz de moldar sobre o que já fora criado, o metal ou o mármore impediam as torções e contornos necessários a sua representação artística. Entre os destaques da exposição, estão obras como “O Beijo”, “O Pensador”, “O Escultor e Sua Musa”, “Eva”, “A Defesa”, “O Desespero”, “Terceira Maquete para a Porta do Inferno”, “Glaucus”, “O Sono”, “A Meditação”, “A Eclesiástica” e a “Danaide”. O projeto Rodin é uma iniciativa do governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural do Estado, e conta com o apoio do Governo Federal do Brasil, da República Francesa e do Museu Rodin Paris.

Retirado do Site:http://ibahia.globo.com/exposicoes/

É maravilhoso!!!!